ANÁLISE DA CO-GASEIFICAÇÃO DE RESÍDUOS DE BIOMASSA NA SERRA CATARINENSE E AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA AMBIENTAL DESTA TECNOLOGIA

William Gouvêa Buratto, Valdeci José Costa, Camilo Bastos Ribeiro, Matheus Vitor Diniz Gueri

Resumo


A cogaseificação de resíduos de biomassa é uma tecnologia promissora a qual pode elevar a eficiência energética e ecológica de uma planta térmica. No presente estudo foi realizado análise imediata de resíduos de pinus e falha de pinhão para a caracterização energética e verificação da viabilidade de implementação de uma unidade térmica á gaseificação com ciclo combinado na Região da Serra Catarinense. Verificou-se que os resíduos possuem características que proporcionam um potencial de combustão favorável, no entanto devem ser realizados métodos de pré-tratamento destes para elevar o potencial calorífico do gás gerado. A gaseificação à ciclo combinado demonstra potencial para ser implantada, no entanto devem ser fortalecidas políticas para o incentivo de tecnologias e redução de custos nesta área de modo a favorecer investimentos neste processo o qual possui eficiência energética e ecológica elevadas em comparação á tecnologias convencionais.

Palavras-chave


Co-gaseificação; Biomassa; Resíduos de Pinus; Falha de Pinhão; Serra Catarinense; Ciclo combinado

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v4e02015473-481

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.