ATRIBUTOS QUÍMICOS DE RESÍDUOS ORGÂNICOS COMPOSTADOS

Alexandre Couto Rodrigues, Camila Angelica Baum, Jessica Formentini, Cristiane Bozzetto, Luciana Gregory Ritter, Clovis Orlando Da Ros

Resumo


A expansão de estudos relativos à compostagem tem apresentado diversas vantagens desse processo para o meio ambiente, apresentando-se como uma alternativa viável e eficiente no tratamento de resíduos orgânicos. O presente estudo quantificou os atributos químicos de compostos provenientes da compostagem de diferentes resíduos orgânicos, a fim de verificar o valor fertilizante dos mesmos para uso na agricultura. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com sete tratamentos e três repetições. Os compostos orgânicos foram obtidos pelo processo de compostagem de diferentes combinações de resíduos orgânicos: DBB: dejetos de bovinos de biodigestor; DBE: dejetos de bovinos de esterqueira; DSE: dejetos de suínos de esterqueira; LFL: lodo do processo de flotação de laticínio; LFA: lodo do processo de flotação de abatedouro; ALA: aguapé de lagoa de estabilização; RRU: resíduos orgânicos do restaurante universitário. Todos os compostos provenientes da compostagem de resíduos orgânicos apresentam adequada relação C/N e teores adequados de N e Fe, mas com necessidade variada de suplementação de macro e micronutrientes para uso como fertilizantes orgânicos. 


Palavras-chave


Compostagem, C/N, Fertilizante Orgânico.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v6e12017193-208

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.