VERIFICAÇÃO DA CONFORMIDADE DA QUALIDADE DO EFLUENTE DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DE RIO VERDE – GO

Victor Souza Medeiros, Bruno Botelho Saleh, Ana Carolina Ribeiro Aguiar, Cleidionaldo Silva Furquim Filho, Wellmo dos Santos Alves, Rafael Abreu Miranda, Davi Santiago Aquino

Resumo


Sistemas de tratamento de esgotos constituídos por lagoas de estabilização são amplamente empregados no Brasil, devido ao clima favorável e disponibilidade de área para construção. Tais sistemas apresentam como vantagens: baixo requisito de mão de obra e reduzidos custo e manutenção. O presente trabalho apresenta a caracterização e verificação da conformidade com a resolução CONAMA nº 430/2011 do esgoto tratado da estação de tratamento de esgotos de Rio Verde – GO por meio da mensuração dos parâmetros de sólidos totais dissolvidos, oxigênio dissolvido, pH, demanda química de oxigênio, nitrogênio amoniacal e fósforo total. As mensurações abrangeram oito coletas realizadas entre maio de 2013 e agosto de 2014. Dos parâmetros analisados, a legislação reporta limites apenas para temperatura, pH e nitrogênio amoniacal, sendo que a estação de tratamento estudada apresentou conformidade com os parâmetros de temperatura e pH e não conformidade com nitrogênio amoniacal. Considerando os parâmetros analisados, ressalta-se a preocupação com o curso d’água receptor do efluente, que recebe elevadas cargas de matéria orgânica e fósforo.

Palavras-chave


Esgoto sanitário; Lagoas de estabilização; Conformidade

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019814-831

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.