ESTUDO COMPARATIVO DOS PROCESSOS DE ADSORÇÃO E FOTO-OXIDAÇÃO NO TRATAMENTO DO EFLUENTE DE BIODIESEL

Tiago Francisco Ferreira, Camilo Bastos Ribeiro, Matheus Vitor Diniz Gueri, William Gouvea Buratto, Guilherme Pozzobom Pavanello, Julianno Pizzano Ayoub, Geovanny Broetto Besinella, Erivelton César Stroparo

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar dois tipos de tratamentos para o efluente do biodiesel produzido a partir de óleo de soja e sebo bovino, com o auxílio de um planejamento fatorial 22, tendo como variáveis o tipo de tratamento e o tempo. Foram realizados ensaios de foto-oxidação (foto-Fenton) e adsorção (carvão ativado), ambos com variação de tempo de 1 hora e 2 horas. Para tanto, foram monitorados os parâmetros: espectroscopia UV-Vis, cor aparente e turbidez. O tratamento que obteve melhor resultado correspondeu a adsorção por carvão ativado com 1 hora, chegando a 73% de remoção de poluentes, além da diminuição de 403 UC (unidades de cor) e 5,54 UT (unidades de turbidez).


Palavras-chave


Foto-oxidação; Carvão ativado; Biocombustíveis

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019472-482

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.