GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE NO AMBIENTE RURAL

Jonathas Gomes de Carvalho Marques, Simone Karine Silva da Paixão, Marília Regina Costa Castro Lyra, Renata Maria Caminha Mendes de Oliveira Carvalho, Ronaldo Faustino da Silva

Resumo


O Brasil tem se destacado com grandes arrecadações no PIB a partir dos avanços do setor primário, totalmente dependente dos sistemas de produção agropecuária e das agroindústrias. Com essa utilização dos recursos naturais, os impactos ambientais gerados também aumentam com o crescimento da produção. Entre eles, destaca-se o uso intensivo de agroquímicos, lançamento de resíduos das agroindústrias inadequadamente. Dessa forma, o presente estudo objetivou identificar as cinco principais culturas agrícolas e as quatro agroindústrias importantes no cenário dos agroecossistemas nacionais, fazendo uma análise da sustentabilidade do meio rural brasileiro. Para tanto, foram utilizados dados secundários de artigos, dissertações, visando embasar e agregar dados confiáveis para este estudo sobre as culturas: Arroz, Soja, Milho, Cana-de-Açúcar e Café, além da análise das agroindústrias de laticínios, além de processamento de bovinos, aves e suínos. Essas atividades tem um alto poder poluente para o Meio Ambiente se não forem manejados da forma correta. Dentre os impactos, destaca-se a poluição atmosférica pela queimada, lançamento de rejeitos, além do alto consumo hídrico. No entanto, já se visualiza ações e tecnologias como alternativas sustentáveis para esse cenário como o reaproveitamento do bagaço e vinhaça para alimentação de animais e fertirrigação.


Palavras-chave


sustentabilidade; impactos ambientais; sistemas produtivos

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e42019312-329

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.