LEVANTAMENTO DE ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS REGISTRADOS EM TABATINGA-AM, BRASIL

Sandra Núbia de Souza Assis, Renato Abreu Lima, Juan Jesus Pissango Rodrigues

Resumo


No Brasil um dos principais acidentes que mais se destacam por animais peçonhentos, é o ofídico. Considera-se a região Norte do Brasil como a segunda maior incidência de acidentes ofídicos do país fato que torna uma grande problemática para a saúde pública. A pesquisa teve como objetivo realizar um levantamento dos acidentes registrados com animais peçonhentos entre o ano de 2013 a 2014 no município de Tabatinga no interior do Estado do Amazonas. Para a coleta de dados realizou-se análises de registro documental disponibilizados nas fichas de animais peçonhentos do setor de Epidemiologia do Hospital Militar de Guarnição no município de Tabatinga no período de fevereiro a agosto de 2016. Registrou-se 74 casos de acidentes por animais peçonhentos, destes 71 ocasionados por serpentes, um por escorpião e dois por aranhas. Prevaleceu o acidente ofídico em ambos os anos, representantes dos gêneros Bothrops (80,48 %), Lachesis (7,32 %), Crotalus (2,5 %) e não especificado (9,7 %). A população mais afetada foi de gênero masculino, indígenas da zona rural e não foi vinculado ao trabalho realizado. Portanto, é fundamental a implementação de estratégias de prevenção que sejam trabalhadas junto às comunidades ribeirinhas.


Palavras-chave


Animais Peçonhentos; Epidemiologia; Amazonas.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019582-599

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.