SUINOCULTURA E BOVINOCULTURA PELA ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO SOCIOAMBIENTAL: A EXPERIÊNCIA DE PROPRIEDADES DO NOROESTE GAÚCHO

Lisiane Magali Matthes Pletsch, Marisandra da Silva Casali, Daniel Knebel Baggio, Jessica Casali Turcato

Resumo


O presente estudo objetiva analisar o nível de Sustentabilidade Ambiental das propriedades rurais que praticam atividades da Suinocultura e Bovinocultura no município de Três Passos, localizado no Noroeste do Rio Grande do Sul a partir da aplicação do modelo de indicadores de desempenho especificamente nas dimensões Social e Ambiental conforme Allegretti (2013). Refere-se a uma pesquisa exploratória por meio da aplicação de questionário a 30 produtores rurais do município. Inicialmente identificaram-se as práticas agropecuárias utilizadas nestas atividades, bem como, levantou-se as principais Leis e Regulações existentes no Brasil que condicionam a atividade da Suinocultura e Bovinocultura de Leite. Logo se apresentou ações que contribuam para a melhoria das práticas sustentáveis nestas atividades. Constatou-se que o município se encontra na situação “em equilíbrio” nas duas dimensões avaliadas. A análise de cada indicador separadamente apontou vários pontos críticos, os quais precisam de ações e medidas para melhoraria seu desempenho.


Palavras-chave


Sustentabilidade. Práticas Agropecuárias. Dimensões Sociais e Ambientais. Indicadores. Desenvolvimento Rural e Agronegócio.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019753-788

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.