PRÁTICAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR: UMA PROPOSTA DE RESSOCIALIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL BASEADA EM AÇÕES DOS ALUNOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Leila Regina de Oliveira Batista

Resumo


As práticas de responsabilidade social e ambiental vêm despertando o interesse corporativo, comunitário e acadêmico. O objetivo deste artigo é analisar as ações de responsabilidade social e ambiental realizadas pelos alunos do curso de Administração do Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo, em Santo Ângelo, RS, articulando ensino e extensão com a aprendizagem. A metodologia utiliza a abordagem qualitativa e, como estratégia, o estudo de caso, apoiada em pesquisa bibliográfica e documental. Os procedimentos da pesquisa incluem entrevistas aplicadas por meio de questionário semiestruturado, com uma amostra de 45 participantes, composta por gestores de supermercados e por consumidores, realizada no período de 15 de setembro a 29 de novembro de 2014. Na análise das ações acadêmicas o estudo adota o paradigma interpretativo. A investigação detém-se no destino dado, na comunidade, ao óleo de cozinha usado. Os resultados apontam que a maioria dos pesquisados não está alinhado ao conceito de sustentabilidade. A conclusão indica a necessidade de intervenções na comunidade que elevem a consciência ambiental e a responsabilidade social.


Palavras-chave


Responsabilidade social. Conservação ambiental. Sustentabilidade. Ensino e extensão.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018776-806

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.