A ECOLOGÍSTICA E O USO CORRETO DE NAVIOS E CONTÊINERES COMO FATOR DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E DE COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA HAMBURG SÜD

Cléo Rogério Rodriguês da Silva, Ivete de Fátima Rossato, Jairo Afonso Henkes, Moacir Fogaça

Resumo


O presente artigo teve como objetivo analisar os benefícios da atividade Ecologística e o uso correto de navios e contêineres na empresa Hamburg Süd como fator de desenvolvimento sustentável e de competitividade. Através de um estudo de caso, realizou-se uma pesquisa qualitativa, de nível exploratório-descritiva. Como técnica de coletas de dados empregou-se a pesquisa bibliográfica, a documental e a observação direta. Para a técnica de análise de dados utilizou-se a análise baseada em conteúdo. A relevância deste estudo pôde ser fundamentada quanto à necessidade do emprego das atividades de Ecologística nas empresas, sob uma perspectiva de sustentabilidade ambiental e competitividade. As atividades Ecologísticas observadas na empresa Hamburg Süd, tanto na Tecnologia do Navio quanto na Logística de Contêiner, constataram o compromisso em desenvolver ajustes sistêmicos, medições e busca de melhorias continuas através da redução de impactos ambientais, sendo oportuno mensurar em pesquisas futuras a visão do cliente quanto à contratação de serviços menos danosos ao meio ambiente.


Palavras-chave


Ecologística. Logística Verde. Desenvolvimento Sustentável. Competitividade Empresarial.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e1201879-99

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.