ALTERNATIVAS SUSTENTÁVEIS PARA VEÍCULOS UTILIZADOS NA ÚLTIMA MILHA DO TRANSPORTE URBANO DE CARGA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SISTEMÁTICA

Cíntia Machado de Oliveira, Renata Albergaria de Mello Bandeira, George Vasconcelos Goes, Daniel Neves Schmitz, Márcio de Almeida D’Agosto

Resumo


RESUMO

Objetivou-se com este estudo, determinar, por meio de uma revisão bibliográfica sistemática, o estado da arte da literatura científica sobre as novas formas de operações e tecnologias na distribuição da última milha em áreas urbanas, buscando identificar os principais tipos de veículos que, segundo a literatura, podem ser adotados para aumentar a sustentabilidade deste tipo de operação. Identificou-se uma tendência de adoção de veículos de menor porte para realização do transporte urbano de carga na última milha, tendo em vista 47% dos estudos propõem, entre outras alternativas, o abastecimento por meio de bicicletas/triciclos. A adoção de veículos do tipo comerciais leves, para este fim, foi proposta por 53% dos artigos. Também foi evidenciada a migração da fonte de energia convencional (combustíveis fósseis) para alternativa (energia elétrica), conforme apontado por 64% dos estudos. Portanto, conclui-se que há uma tendência para a adoção de medidas baseadas na sustentabilidade socioambiental das operações de transporte de carga. Contudo, ainda existem barreiras culturais e relacionadas a oferta de infraestrutura para a adoção plena desses veículos.


Palavras-chave


Última milha. Transporte urbano de carga. Veículo. Logística urbana.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018181-205

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.