PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO SOBRE AS ESPÉCIES ARBÓREAS DO BIOMA CERRADO NAS ESCOLAS ESTADUAIS DA CIDADE DE BARREIRAS – BA

Temile Santana da Cruz, Kátia Gonçalves Morais, Ane Caroline da Rocha Cruz, Magnólia Silva Queiroz, Fábio Del Monte Cocozza

Resumo


O bioma cerrado tem passado por grandes processos de exploração para expansão agropecuária nas últimas décadas e isso tem causado grandes problemas ambientais. Desta forma, para promover uma conscientização ambiental que garanta a preservação do cerrado, é necessário o auxilio de todos, e a escola é uma das entidades que deve contribuir com projetos que vise à valorização e conservação do bioma. Assim, o objetivo deste trabalho foi verificar o conhecimento sobre as espécies arbóreas do cerrado nos estudantes do ensino médio (1º ano) nas escolas públicas da cidade de Barreiras - BA. A pesquisa foi desenvolvida em 12 escolas estaduais aplicando um questionário com questões objetivas e subjetivas com o propósito de avaliação do nível de conhecimento dos estudantes sobre o cerrado. Através do diagnóstico foram escolhidas 2 escolas para a realização do plantio e do trabalho de sensibilização. Os resultados obtidos mostram que existe uma fragilidade na relação desses estudantes com o bioma cerrado e que essas escolas possuem um espaço arbóreo com um quantitativo maior de espécies exóticas de árvores em relação às nativas.


Palavras-chave


Levantamento. Exóticas. Educação ambiental. Arborização.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018580-595

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.