OCORRÊNCIA E INTERFERÊNCIAS ANTRÓPICAS SOBRE Pteronura brasiliensis (MAMMALIA, CARNIVORA) NO IGARAPÉ ESPERANÇA, EM ZONA URBANA DE BENJAMIN CONSTANT - AM, BRASIL

Brenda Barbosa de Melo, Renato Abreu Lima, Tatyanna Mariúcha de Araújo Pantoja

Resumo


A ariranha (Pteronura brasiliensis) é o maior carnívoro semiaquático da América do Sul, sendo um animal de extrema importância ecológica pelo papel que desempenha troficamente. O objetivo deste trabalho é monitorar a ocorrência de P. brasiliensis no igarapé Esperança em zona urbana de Benjamin Constant- AM, e identificar interferências antrópicas sobre a espécie, dando ênfase em todo igarapé desde sua nascente até na sua confluência com o Rio Javari. Os dados foram obtidos a partir de buscas de evidências em campo, diretas ou indiretas. Os resultados obtidos pelas idas a campo comprovam a presença da espécie no local de monitoramento, e as interferências antrópicas detectadas denotam a necessidade de estabelecimento de diálogo com a sociedade no sentido de arregimentar mais colaboradores que se disponham a desvendar aspectos relacionados à dinâmica que se tem estabelecido entre os organismos aquáticos que vivem no igarapé e as populações humanas aí assentadas.


Palavras-chave


Mustelidade; Mamífero aquático; Conservação; Ecologia.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019641-662

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.