ANÁLISE QUALI-QUANTITATIVA DA ARBORIZAÇÃO URBANA DO CENTRO DA CIDADE DE SANANDUVA-RS

Rosele Clairete dos Santos, Douglas Bessegatto, Luciano Antunes, Felipe de Melo Malengo

Resumo


A presença de vegetação nas vias urbanas de uma cidade contribui para a melhoria do microclima e favorece a preservação da biodiversidade local. A arborização urbana em uma cidade não consiste apenas em plantar árvores; é indispensável um planejamento preliminar, um manejo adequado e um gerenciamento integrado, com a finalidade de alcançar melhorias para a comunidade. Este trabalho teve como objetivos construir um inventário da arborização urbana no município de Sananduva-RS e analisar a situação atual da arborização urbana. A pesquisa foi realizada em 16 ruas e 5 avenidas no centro da cidade de Sananduva/RS, tendo como base o inventário do tipo censo da arborização urbana. Foram contabilizados 517 indivíduos, distribuídos em 21 famílias e 44 espécies, sendo sete indivíduos não identificados. Em 52% dos espécimes foram observados problemas como: conflito com as calçadas e fiação e ocorrência de podas drásticas. Para evitar alguns problemas que foram observados será necessária uma fiscalização mais eficaz, com a criação e implantação de políticas públicas de planejamento e manutenção da arborização, para que a população possa aproveitar seus benefícios.


Palavras-chave


Inventário. Planejamento urbano. Diagnóstico. Frequência relativa.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e22018143-158

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.