ANÁLISE DE EFETIVIDADE DE GESTÃO DA FLORESTA NACIONAL DA RESTINGA DE CABEDELO

Ricardo Moreira da Silva, Alan Gurgel Saraiva

Resumo


As florestas são unidades de conservação (UC) de uso sustentável que têm como objetivo o uso múltiplo sustentável dos seus recursos para a pesquisa científica, com ênfase em métodos para exploração sustentável de florestas nativas. Este artigo tem como objetivo avaliar a efetividade de gestão da Floresta Nacional da Restinga de Cabedelo (FLONA de Cabedelo), para isso foi adotado a metodologia RAPPAM, com entrevista com a equipe de gestores da UC e se concluiu que a efetividade de gestão da FLONA de Cabedelo é média em virtude da falta de diálogo com comunidades locais e os baixos recursos financeiros.


Palavras-chave


Efetividade, unidade de conservação, floresta.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e22018572-585

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.