LIÇÕES SOBRE O GERENCIAMENTO DE DESASTRES HIDROLÓGICOS OBTIDAS A PARTIR DA OCORRÊNCIA EM ROLANTE/RS

Maurício Andrades Paixão, Masato Kobiyama, Fernando Campo Zambrano, Gean Paulo Michel, Fernando Mainardi Fan

Resumo


No dia 05 de janeiro de 2017 foi registrado um desastre hidrológico no município de Rolante/RS. Após precipitações intensas e bem localizadas, foi observada a ocorrência de escorregamentos, fluxos de detritos e inundação brusca. Embora se tenha percebido os efeitos do desastre em toda a bacia do Rio dos Sinos, o município de Rolante foi o mais fortemente atingido, deixando prejuízos estimados em R$70 milhões. Buscando fornecer uma resposta sobre as possíveis causas do desastre, foi formado um grupo de trabalho composto por técnicos do DRH/SEMA e do GPDEN/IPH/UFRGS, o qual realizou atividades de campo na bacia em conjunto com outros órgãos, tais como, prefeitura municipal, Bombeiros Voluntários, Brigada Militar etc. Como resultado, foi elaborado um documento intitulado “Diagnóstico Preliminar”, com o descritivo dos trabalhos realizados e dos resultados obtidos. O presente artigo aborda as lições obtidas sobre o gerenciamento de desastres a partir da realização dos trabalhos de campo, das conversas com a comunidade local e com os órgãos que atuaram na resposta ao desastre.


Palavras-chave


gerenciamento de Desastres. Desastres naturais. Desastre hidrológico

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e02018251-267

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.