RESÍDUOS DE FILTROS LUBRIFICANTES E OLUC (ÓLEO LUBRIFICANTE USADO E CONTAMINADO) EM AUTOMÓVEIS DA MARCA HONDA, GOIÂNIA, GO

Ricardo Luiz Machado, Antônio Pasqualetto, Juarez de Morais, Wanessa Silva Rocha

Resumo


O artigo apresenta uma discussão a respeito dos resíduos gerados em manutenções de automóveis, com destaque para os filtros lubrificantes, que inclui-se a geração de alguns componentes como o OLUC, membranas filtrantes e peças metálicas. Objetivou-se quantificar estes resíduos provenientes da troca de filtros lubrificantesa partir dos registros de assistências técnicas de uma concessionária de veículos da marca FIAT, localizada em Goiânia, Goiás. A metodologia consistiu em levantamento do quantitativo sobre o recolhimento de OLUC coletadas na concessionária de automóveis no período de análise. Posteriormente, procedeu-se a decomposição dos filtros lubrificantes usados, dividindo-os em duas partes e possibilitando o escoamento do óleo lubrificante residual. A tabulação dos resultados foi realizada por Análise de Regressão, estatística mídias descritiva. Foi possível apresentar resultados quantificados, como também a logística reversa como alternativa viável à destinação dos resíduos gerados.

Palavras-chave


Filtros lubrificantes; Óleo lubrificante usado; Logística reversa

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e22019562-577

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.