O QUE DIZEM AS PESQUISAS ACADÊMICAS SOBRE OS IMPACTOS DAS HIDRELÉTRICAS NA PESCA ARTESANAL?

Ellen Silvia Amaral Figueiredo, Elineide Eugênio Marques, Max Portuguez Obeso, Samuel da Silva Costa, Simone Ferreira de Athayde

Resumo


As barragens hidrelétricas ameaçam um terço da diversidade ictiofaunística de importantes bacias hidrográficas mundiais, podendo afetar milhares de pessoas que dependem da pesca para sua sobrevivência. Considerando a relevância da pesquisa acadêmica para a gestão sustentável dos recursos pesqueiros sob impacto antrópico, o presente trabalho avalia o potencial do conhecimento científico disponível para embasar tomadas de decisão. Por meio de revisão sistemática, foram analisados 110 artigos, em maior parte publicados em inglês (90%), difusos em 56 revistas científicas, pouco acessíveis aos tomadores de decisão. Dos 93 reservatórios estudados nos papers, cinco deles estão no Brasil e na África, representando 32% dos estudos. Os métodos mais utilizados nas pesquisas foram survey (51%) e revisão (20%), com predominância da abordagem quantitativa (71%). Os efeitos negativos dos reservatórios sobre a pesca e os peixes foi tema central de maior parte dos estudos. Cerca de 52% focaram exclusivamente na pesca, abordando características gerais da atividade e volumes de produção. Estudos sobre perfil dos pescadores apareceram em seguida, com poucos estudos sobre aspectos socioeconômicos. Os aspectos biofísicos dos peixes foram tema dos 48% dos artigos. De modo geral, a revisão sistemática revelou estudos pontuais, de curto prazo, descontínuos, com enfoque disciplinar e voltados às ciências biofísicas, sendo pouco efetivos para orientar tomadas de decisão. Assim, recomenda-se a ampliação dos estudos no âmbito social e econômico, assim como a aplicação de ferramentas interdisciplinares, que atendam a complexidade do tema para efetivamente embasarem tomadas de decisão com vistas a sustentabilidade da pesca em ambientes barrados por hidrelétricas.


Palavras-chave


pesca de pequena escala; barragens hidrelétricas; abordagem interdisciplinar

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e22019428-451

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.