ANALISE BIBLIOMÉTRICA DA PRODUÇÃO ACADÊMICA SOBRE BEM-ESTAR SUBJETIVO E ACESSO A ÁGUA EM COMUNIDADES RURAIS

Ivana Leila Carvalho Fernandes, Patrícia Verônica Pinheiro Sales Lima

Resumo


A água corresponde a um componente fundamental do bem-estar humano. Estudos sobre a relação deste recurso com a realidade rural tem sido muito explorados no ambiente acadêmico, porém com pouca expressividade para o bem-estar subjetivo das populações no tocante a água. Considerando esta problemática, o objetivo do artigo é identificar a produção científica internacional sobre bem-estar subjetivo relacionado a questão do acesso a água em comunidades rurais. O método utilizado se fundamenta na análise bibliométrica da produção científica indexada à base de dados Scopus, abrangendo o período entre 2008 – 2018. Além da construção de mapa de ocorrências de itens com uso do software VOSviewer. Os resultados revelam que: os estudos sobre o tema são recentes, sem evidências para o Brasil; é limitada a produção acadêmica na década atual; as Ciências Ambientais se destacam entre as áreas de publicação; há forte tendência em abordagens envolvendo os termos governo, água, pobreza, agricultura, ecossistema e qualidade de vida e fraca abordagem de questões importantes como governança, tecnologias alternativas e participação social.


Palavras-chave


Acesso a Água; Rural; Analise Bibliométrica; Bem-Estar Subjetivo

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e4201942-56

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.