GESTÃO HÍDRICA E CIDADANIA: UMA NOVA PERSPECTIVA PARA O MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL/RS

Ana Christina Konrad, Bruno Buttenbender, Marcele Scapin Rogerio, Anna Ariane Araújo de Lavor, Jairo Afonso Henkes, Ivete de Fátima Rossato, Antonio Carlos Alves da Silva, Mariana Emídio Oliveira Ribeiro, Luciana Turatti

Resumo


Este relato de caso tem como objetivo fazer uma análise de novas perspectivas no que se refere a gestão hídrica do município de Caxias do Sul/RS. Para tanto, realizou-se uma conexão entre a gestão e a cidadania, uma maneira inovadora de gerenciar recursos hídricos. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada por meio de método dedutivo e de procedimento técnico bibliográfico e documental. O estudo visa firmar pressupostos teóricos relativos a gestão hídrica e cidadania, para apresentar uma nova perspectiva ao município, partindo para uma nova concepção de gestão hídrica compartilhada. Dessa forma, as reflexões partem de um resgate evolutivo acerca da administração dos recursos hídricos de Caxias do Sul/RS. Em seguida, realiza-se uma compreensão de novas perspectivas entre gestão hídrica e cidadania. A partir desses entendimentos, conclui-se que é necessária uma interação e uma colaboração entre a gestão pública e os cidadãos, para que possam ser aliviados os passivos no ambiente. Tão importante no contexto estudado quanto à gestão dos recursos hídricos, é o uso adequado da água por parte da sociedade, que pode assim, reafirmar seu direito e seu dever, na forma de sua cidadania.


Palavras-chave


Recursos Hídricos; Gestão Hidrográfica; Cidadania

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e12020273-294

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.