ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLÓGICA DE ÁGUAS DE POÇOS ARTESIANOS DE USO INDEPENDENTE

Michael Machado Oliveira, Alex de Sousa Lima, Adenilde Nascimento Mouchrek, Paulo Roberto Brasil de Oliveira Marques, Clara Virgínia Vieira Carvalho Oliveira Marques

Resumo


O consumo de água subterrânea é uma prática que vem sendo difundida largamente entre a população humana. Para assegurar o uso sustentável e seguro destas águas para consumo é essencial à avaliação da qualidade de água, que está diretamente ligada a questões de saúde pública e ambiental. O objetivo do presente trabalho foi analisar a qualidade da água de poços artesianos utilizadas para o consumo humano no município de Timbiras-MA. Foram avaliados 10 poços a partir de parâmetros físico-químicos e microbiológicos que influenciam na qualidade da água. Para a análise microbiológica foram determinadas a presença ou ausência de coliformes totais e coliformes termotolerantes. E para as análises físico-química, foram determinados os valores para pH, cor, turbidez, ferro e condutividade. Os resultados mostraram que todos os 10 poços encontraram-se comprometidos por microrganismos patogênicos, com padrões máximos permitidos pela Portaria n° 2.914, de 12 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde.


Palavras-chave


Águas subterrâneas. Potabilidade. Consumo humano.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e32018624-639

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.