GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM TRÊS RESTAURANTES COMERCIAIS DE HUMAITÁ - AM

Benone Otávio Souza de Oliveira, Neriane Rodrigues de Souza

Resumo


 

O desenvolvimento econômico aliado ao crescimento populacional e o consumo desiquilibrado dos recursos naturais podem acarretar problemas ambientais, tais como geração de resíduos sólidos que altera a qualidade de vida e o meio ambiente sustentável. O presente trabalho buscou avaliar o potencial gerador de resíduos gerados em três restaurantes, no município de Humaitá – AM. Foi utilizado um estudo exploratório de abordagem qualitativa apresentado em um contexto descritivo. Desta forma, o estudo ocorreu nos restaurantes A, B e C nos períodos de 18/01 a 22/01/16, 26/01 a 30/01/16 e 01/02 a 05/02/16 respectivamente. Concluiu-se que mais de 71% dos resíduos gerados são de características orgânicos e cerca de 10% dos resíduos são recicláveis e com geração per capita e peso especifico aparente dos resíduos sólidos nos restaurantes estão dentro da média nacional. Os proprietários dos restaurantes, devem ser conscientizados quanto as suas responsabilidades em relação ao destino dado aos resíduos sólidos.


Palavras-chave


Geração per capita. Peso específico. Composição gravimétrica. Gestão de resíduos. Responsabilidade ambiental.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e32018679-694

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.