INDICADORES AMBIENTAIS DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS ASSOCIADO A MELHORIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS

Mikaely da Silva Sousa, Juan Carlos Valdés Serra

Resumo


O consumo de produtos industrializados implica em um aumento desordenado na geração de resíduos, sendo necessário realizar um planejamento para quantificar essa demanda. Dessa forma, através dos indicadores é possível identificar as pressões que são exercidas no meio e planejar ações e respostas para os presentes e futuros impactos ambientais. O objetivo deste trabalho é verificar os principais modelos e experiências de indicadores de resíduos sólidos urbanos em diferentes contextos, ressaltando a sua capacidade de induzir e fomentar políticas e decisões. Assim, os procedimentos metodológicos foram realizados através de uma abordagem qualitativa caracterizando-se como um estudo bibliográfico descritivo. O trabalho foi desenvolvido na perspectiva de gestão dos residuos solidos na União Europeia, Estados Unidos e Brasil. Neste contexto, é descrito os aspectos legais na gestão dos resíduos sólidos, a avaliação de desempenho ambiental por meio de indicadores e os principais modelos de políticas públicas. Portanto, as legislações correspondem um importante instrumento para efetivar a implantação dessas políticas públicas

Palavras-chave


Aspectos legais; planejamento; desempenho

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e32019707-724

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.