UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA SOBRE A PRODUÇÃO CIENTÍFICA FOCADAS NA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DA INDÚSTRIA E A SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

Jonas Schneider, Jairo Afonso Henkes, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra

Resumo


As constantes inovações ocorridas nas organizações industriais provocam significativas mudanças ao meio ambiente. A sustentabilidade ambiental de hoje é um tema de tensão política e de discussão acadêmica e social. Este artigo tem como objetivo identificar os autores que trabalham os termos inovação tecnológica, sustentabilidade ambiental e indústria, associados. A pesquisa é categorizada como descritiva de abordagem qualitativa, desenvolvida através de análise documental e bibliométrica. Foi realizado um estudo bibliométrico na base Scopus, com dados de produções indexadas entre os anos de 2013 a 2017, com o objetivo de identificar os dados sobre as pesquisas que exploram os termos associados. Notou-se que a produção do período foi crescente, sendo que o número de produções indexados em 2017 foi 95% maior que em 2013. Os achados do estudo evidenciam que os autores com maior produção no período são Sueyoshi, T., seguido pelo autor Goto, M. Há trabalhos produzidos em conjunto por esses autores que estão indexados na base da Scopus, o que demonstra que existe parceria entre eles. As instituições de ensino com maior número de trabalhos indexados no período foram a New Mexico Institute of Mining and Technology, e a Chinese Academy of Sciences. Os países com maior número de produções foram os Estados Unidos, seguido pela China. O estudo revelou que não existem estudos publicados por revistas brasileiras indexadas à Base Scopus, mas que existem produções de autores brasileiros publicados em revistas internacionais, indexadas a ela. A área do conhecimento com o maior número de produções é ciências ambientais, identificou-se que 56% das produções do período estão ligadas a essa área de conhecimento.


Palavras-chave


Inovação Ambiental. Sustentabilidade Ambiental. Indústria

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e42018609-631

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.