CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO BRASILEIRO NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL NA REGIÃO SEMIÁRIDA DO NORDESTE BRASILEIRO: ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE FREI MARTINHO - PARAÍBA, BRASIL

Josimar Torre Gonzaga, Eden Cavalcanti de Albuquerque Junior, Elizangela Alves Torre

Resumo


A água é uma das principais preocupações em todo o mundo. A região semiárida do nordeste brasileiro tem sido castigada por secas prolongadas, o que tem causado impactos socioeconômicos negativos. Para amenizar esses impactos, uma parceria entre o Ministério da Integração e o Ministério da Defesa do Brasil, vem realizando o Programa Emergencial de Distribuição de Água Potável através carro-pipa, beneficiando cerca de 4 milhões de pessoas em áreas rurais de municípios atingidos pela seca que se encontram na situação de estado de emergência. Este trabalho teve por objetivo avaliar a contribuição e eficácia do Programa Emergencial de Distribuição de Água Potável (Operação Carro-Pipa) na melhoria de vida de moradores do perímetro rural do município de Frei Martinho, localizado no estado da Paraíba, semiárido nordestino, Brasil, onde observou-se que uma das soluções alternativas de abastecimento de água para consumo humano foi a implantação da distribuição de água por carros-pipa coordenado e fiscalizado pelo 4º Batalhão de Polícia do Exército (4º BPE), onde mais de 831 pessoas dos 1477 moradores da zona rural do município são beneficiadas, tendo em vista a fiscalização constante, sistemas de geoinformação para o rastreamento, localização e gestão de toda a operação. Com isso observou-se que nas 50 (cinquenta) localidades da área rural beneficiadas com o programa, a distribuição de 20 litros diários por pessoa supre suas necessidades básicas diárias, que a entrega da água está sendo pontual, água de boa qualidade e demonstrando eficácia na execução, contribuindo desta forma para a melhoria de vida do sertanejo.

Palavras-chave


FREI MARTINHO; EXÉRCITO BRASILEIRO; CARRO-PIPA; ÁGUA POTÁVEL.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e12020576-595

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.