AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DE PAINÉIS “MDP” COM ADIÇÃO DE RASPAS DE PNEU

David Cardoso Cardoso Dourado, Jairo Afonso Henkes

Resumo


Este trabalho possui como objetivo avaliar as propriedades físicas e mecânicas de painéis aglomerados produzidos com partículas da madeira de Pinus spp. em mistura com resíduos de borracha de pneus nas proporções de 6%, 12% e 18% de resíduos de pneus comparadas com o painel testemunha produzido puro com 100% de partículas de madeira. O experimento consistiu de quatro tratamentos com três repetições cada, totalizando 12 painéis. Os ensaios físicos realizados foram o de absorção de água e inchamento em espessura, massa especifica aparente e teor de umidade, e os ensaios mecânicos foi o de flexão estática (MOE e MOR). Os tratamentos 12% e 18% foram os que apresentaram a maior densidade, com adição dos resíduos de pneu, ocorrendo um aumento na massa especifica. Para o teor de umidade (TU) ocorreu uma diferença significativa nos tratamentos e os valores variaram de 9,10% a 11,16%. Dos valores do ensaio mecânico podemos analisar que o tratamento que apresentou maior módulo de elasticidade e de ruptura, foi o tratamento 18%. Conclui-se que é possível produzir painéis MDP com mistura de resíduos de pneus, pois os valores atendem as exigências das normas técnicas, além disso, promoveu melhora na propriedade física de absorção de água.


Palavras-chave


Resíduos sólidos, borracha, Pinus spp.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e1202079-95

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.