CONCENTRAÇÃO DE METAIS EM PEIXES DE DIFERENTES NÍVEIS TRÓFICOS, OCORRENTES NO RIO DAS ANTAS, RS - BRASIL

Fernanda Marcon Angheben, Vânia Elisabete Schneider, Kétini Baccin, Matheus Poletto

Resumo


O lançamento de metais pesados no meio aquático causa uma série de problemas para este ambiente. Por isso, o objetivo desse estudo foi verificar o nível de contaminação pelos metais chumbo (Pb), cobre (Cu), cromo (Cr), mercúrio (Hg), níquel (Ni) e zinco (Zn) no tecido muscular em espécies de diferentes níveis tróficos (Astyanax sp., Rhandia quelem, e Loricariichtys anus), nativos do Rio das Antas, comparando aos limites máximos de ingestão permitido pela legislação brasileira. Para as análises, os espécimes foram obtidos através da pesca em um ponto a montante do Reservatório da UHE Monte Claro, localizada no Rio das Antas – RS, BR. As análises de metais foram realizadas por meio de sistema digestão em micro-ondas e as leituras por ICP-OES (espectrometria de emissão ótica por plasma acoplado indutivamente). Os resultados das análises de tecido muscular dos peixes em estudo estão expressos em tabelas. Foi constatado que o metal Cr apresentou valores acima do limite permitido pela legislação brasileira, em todas as amostras. Enquanto Cu, Ni estão abaixo e para duas amostras de Zn os teores estavam acima do limite. Além disso, encontrou-se diferença significativa de acumulação do metais nos diferentes níveis tróficos, em relação aos metais Cu, Cr e Zn. No entanto, para que possa ser possível afirmar essa relação, outros estudos devem ser realizados visando explicar a dinâmica de interação desses metais nessa região, fazendo uso de uma amostragem maior e mais abrangente.


Palavras-chave


níveis tróficos, metais, peixes

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e42019152-164

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.