A INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DE FILLER CALCÁRIO EM SUBSTITUIÇÃO PARCIAL AO CIMENTO EM ARGAMASSA ESTABILIZADA DE REVESTIMENTO DE PAREDES E TETOS

Eduardo Martins Sequeira, Geisiele Ghisleni

Resumo


O cimento Portland é um dos materiais de construção mais utilizados no mundo, sendo assim, as indústrias cimenteiras são geradoras de grande parte dos gases de efeito estufa lançados na atmosfera. Além deste contaminantes, indústrias de britagem de rocha produzem como rejeito da mineração um pó extremamente fino, denominado filler, este por muitas vezes acaba por gerar um passivo ambiental. Entretanto, sua composição e granulometria o caracterizam como um material influenciável na reologia e no empacotamento das partículas nos materiais cimentícios. Novas abordagens ambientalmente, economicamente e tecnicamente sustentáveis na construção civil são possíveis, para a mitigação destes problemas. Atualmente, há uma grande demanda por produtos industrializados, sendo a argamassa estabilizada uma mistura úmida, comercializada pronta para o uso, a qual se mantém trabalhável de acordo sua composição. Diante deste contexto, o trabalho objetivou analisar o comportamento de argamassas estabilizadas com teores de filler calcário em quatro traços, referência (0% filler) e em substituições de 10%, 20%, e 30% de filler por cimento. As propriedades das argamassas foram analisadas através de ensaios normalizados tanto no estado fresco quanto endurecido. Os resultados comprovaram que o filler calcário provocou alterações reológicas e mecânicas nas argamassas, sendo que teores de substituição de 10% e 20% de cimento por filler provocaram melhoras na permeabilidade e absorção com pequenas variações nas características de resistência mecânica.

 

 


Palavras-chave


Cimento. Filler. Argamassas.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e0202020-38

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.