ALTERNATIVAS PARA DEMANDA DE ÁGUA E ENERGIA ELÉTRICA PARA O MUNICÍPIO DE GOVERNADOR CELSO RAMOS

Diego Valdevino Marques, Ricardo Luis Barcelos, Rachel Faverzani Magnago

Resumo


A construção de cidades causa impactos negativos ao meio ambiente, porém elas são fundamentais para a sociedade contemporânea, sendo crescente o interesse por ambientes urbanos. Este artigo trata-se de uma análise documental sobre os aspectos de consumo de água e energia elétrica do município de Governador Celso Ramos (SC), Brasil, no período de 2008 à 2017. Os resultados demonstram aumento de consumo de energia elétrica nos anos período em 69,16% para o setor residencial, 99,55% para o setor comercial e 1,68 vezes a mais para o setor industrial e o consumo de água aumentou 17,02% no mesmo período, com influência da sazonalidade. Mitigações como instalação de fontes alternativas de energia, como solar e eólica, e reaproveitamento de água da chuva e de águas cinzas podem ajudar a atender a demanda da população. Ressaltando que ações educativas devem ser adotadas pois a demanda per capita de água e energia elétrica aumentou no período de estudo. Como conclusão evidencia-se a necessidade de ações conjuntas entre prefeitura municipal, iniciativa privada, órgãos governamentais e munícipes a fim de minimizar os impactos que o crescente número de construções no município está proporcionando ao meio ambiente local.

 


Palavras-chave


Cidades Sustentáveis. Consumo de Água e Energia. Construção Civil e Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e0202070-90

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.