EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE ENVOLTÓRIA: COMPARAÇÃO DOS MÉTODOS DE AVALIAÇÃO RTQ-C E INI-C ATRAVÉS DE ESTUDO DE CASO

Ellen Flávia Weis Leite, Ana Mirthes Hackenberg

Resumo


 

Este artigo apresenta a aplicação da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – ENCE, do Programa Procel Edifica, para avaliar uma edificação de uso público da cidade de Joinville/SC, considerando o critério parcial de envoltória. Para tal, dispõe de duas metodologias, a primeira baseada no Regulamento Técnico de Qualidade para edifícios comerciais, de serviço e públicos (RTQ-C), método vigente para obtenção da Etiqueta, e a segunda na Instrução Normativa Inmetro (INI-C), uma proposta de atualização do método avaliativo para a mesma certificação. São realizadas discussões acerca das diferenças entre os métodos de avaliação, tanto em relação ao processo, quanto aos resultados e possibilidades exploratórias. A classificação final é apresentada para ambos os métodos, acompanhada de análises e reflexões em relação à carga térmica de refrigeração da edificação, e seus influenciadores.

 

 


Palavras-chave


Eficiência Energética. Análise de Envoltória. Conforto Térmico. Procel Edifica.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020532-552

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.