PANORAMA DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA INFRAESTRUTURA DAS CIDADES DA AMÉRICA LATINA

Bruna Giacomelli, Gabriel Rodighero, Luana C. G. Basso, Rodrigo Vanzetta, Vera M. C. Fernades, Francisco D. Rosa

Resumo


A América Latina passou por um processo de urbanização muito rápido e, atualmente, estima-se que 79,5% da população vive em centros urbanos (CEPAL, 2017), com a tendência de crescimento para as cidades de pequeno e médio porte. Os desafios que os governantes enfrentam são nas questões de infraestruturas de qualidade ofertadas para manter um padrão de vida de acordo com os direitos humanos para todos os habitantes. Os modelos de urbanização na discussão sobre os desafios ambientais enfrentados pelas cidades e sua infraestrutura são pautas que devem ser consideradas na definição de uma solução para um desenvolvimento sustentável e que acompanhe o crescimento acelerado das tecnologias e acesso à informação. Com isso, o presente trabalho objetiva uma análise geral dos modelos de infraestrutura urbana das cidades da América Latina como parâmetros para o desenvolvimento sustentável, a fim de auxiliar na distribuição de informação tanto nos meios acadêmicos como para os gestores públicos. Observa-se que, a partir dos bons resultados operacionais, gestão financeira eficiente e contenção de despesas, de acordo com o Informe Anual do CAF (2018), os latino-americanos poderão ter acesso a investimentos, a fim de alcançarem intervenções na infraestrutura educacional, de segurança, acesso à energia, conectividade e mobilidade.




Palavras-chave


Desafios ambientais. Gestão. Informação. Urbanização. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020740-752

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.