ENERGIAS RENOVÁVEIS: OPORTUNIDADES PARA O PROCESSAMENTO DE PESCADO NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL – BRASIL

Ana Azevedo Sobreiro, Jeane Lima

Resumo


A indústria de alimentos sofre com a precariedade no fornecimento de energia e poderia se beneficiar de formas de geração de energia independentes, como por fontes renováveis. O presente trabalho teve como objetivo averiguar os desafios encontrados pela indústria de processamento de alimentos relativos ao consumo de energia e levantar as oportunidades de utilização de energias renováveis para o atendimento das demandas do setor, sendo avaliada com maior cuidado a indústria de processamento de pescado, vislumbrando a realidade do estado do Rio Grande do Sul. Verificou-se que este segmento possui um enorme potencial para utilização de fontes renováveis na geração de energia, formando um sistema mais seguro em termos de fornecimento de energia e eletricidade, com custos reduzidos e sustentável.

 


Palavras-chave


Energias Renováveis. Indústria de Alimentos. Processamento de Pescado.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020486-502

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.