OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO DE LIXIVIAÇÃO ALCALINA DE CINZAS DE CASCA DE ARROZ PARA OBTENÇÃO DE SILICATO DE SÓDIO

Raiane da Cruz, Thiago Fernandes de Aquino, Sabrina Teixeira Estevam Estevam, Tainá Domingos da Silva

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo a otimização do processo de lixiviação alcalina de cinzas de casca de arroz (CCA) com solução de hidróxido de sódio (NaOH), para obtenção de um maior rendimento de extração de silício (SiO2), aproveitando um resíduo industrial de difícil descarte para síntese de novos produtos. O procedimento ocorreu em sistema fechado sob condições hidrotermais com auxílio de um reator vaso de pressão com agitação constante, com variações de temperatura (100, 150 e 180 °C), concentração de NaOH (1, 2, 3 e 4 M), pressão (1, 3 e 8 bar) e tempo (1, 3, 6 e 24 h). A lixiviação resulta em uma solução de silicato de sódio, como produto principal, e um subproduto (carvão ativado). Os rendimentos de extração de SiO2 variaram entre 29,65 e 73,26%, obtendo silicatos com densidades (1,28 a 1,46 g/mL), pH (12,24 a 13,55) e módulo de sílica (1,07 a 3,87), resultados estes similares aos obtidos em silicatos comerciais. O carvão resultante também foi caracterizado por fluorescência de raios X (FRX) e ainda serão realizadas análises de propriedades de poros e área superficial (BET). Estes resultados sugerem que os produtos obtidos através da CCA são promissores para as mais diversas aplicações.

 


Palavras-chave


Cinzas de casca de arroz. Silicato de sódio. Carvão ativado.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020846-858

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.