UMA ANÁLISE OSTEOBIOGRÁFICA DOS REMANESCENTES ÓSSEOS DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO RS-LS-85: CERRITO OSCAR EROCILDO ABREU

Mariane Pereira Ferreira

Resumo


O presente trabalho trata da análise osteobiográfica de remanescentes ósseos provenientes de uma atividade de salvamento arqueológico realizado no ano de 2002, no Cerrito Oscar Erocildo Abreu (RG-21), pelo Professor Pedro Augusto Mentz Ribeiro e sua equipe. O estudo direciona-se aos restos ósseos de três indivíduos, nos quais foram observados os indicadores patológicos, além da estimativa de idade e sexo.


Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v1e12013227-230

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.