CERÂMICA GUARANI – ANÁLISE DO PROCESSO CONSTRUTIVO NA COLEÇÃO DE ITAPIRANGA, SC

Ismael da Silva Raupp

Resumo


Nesse trabalho foi realizada a análise de uma amostra da coleção cerâmica de Itapiranga, extremo oeste de SC, pertencente à tradição Tupiguarani, sub-tradição Corrugada, buscando identificar o processo construtivo existente na mesma. Com a análise foi possível perceber um padrão na construção da cerâmica, porém não de forma rígida; indicando uma adaptação da cultura material por parte dos grupos ocupantes da região. Partindo de trabalhos como o de Brochado (1977) e Oliveira (2008), podemos pensar a construção dessas vasilhas possuindo um estilo básico para a produção, mas sempre ocorrendo adaptações referentes ao meio ambiente ocupado pelos grupos e as especificidades de suas dietas.


Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v1e12013237-249

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.