ANÁLISE DO MATERIAL EXUMADO DA CASA ROCHA POMBO

Beatriz Bandeira, Tatiana Costa Fernandes, Manoel Ramos Junior, Monique Seidel

Resumo


Durante a análise do material exumado a partir das intervenções de restauro da Casa Rocha Pombo: Morretes, região litorânea do Paraná, destacaram-se os registros cerâmicos, elementos faunísticos e louça. Tal reconhecimento permitiu apreender um recorte temporal sobre a ocupação local, entre meados do século XVIII e primeira metade do século XX, principalmente através das louças. Entretanto, a carência de fontes documentais danificou as informações que pudessem relacionar o material com as ocupações. Para isso recorreu-se a localização espacial dos registros, e à sua quantidade e variabilidade tipológica, buscando uma análise mais aprofundada sobre a história do edifício e do local, e enaltecer sua importância como bem patrimonial.


Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v1e12013281-295

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.