A transmissão do Ofício de Benzer: uma análise em São Miguel das Missões-RS

Juliani Borchardt, Ronaldo Bernardino Colvero

Resumo


Este artigo visa analisar as formas de transmissão do ofício de benzer no município de São Miguel das Missões-RS. Para isso foram aplicadas entrevistas onde se buscou conhecer como o ofício de benzer é passado de geração em geração entre os seus praticantes nesta comunidade. A aplicação desta técnica se dá pelo fato de ser o único meio disponível atualmente para conhecer as características de seus praticantes tendo em vista que não há registros documentais ou outros tipos de fontes para se chegar a um parâmetro sobre como se dá a transmissão deste ofício. A motivação de tal pesquisa se justifica pela necessidade de conhecer uma expressão imaterial do município de São Miguel das Missões não estudada no meio acadêmico ou por instituições públicas como IPHAN e Prefeitura Municipal, pois através disso teremos conhecimentos referentes à sua prática e como se dá sua transmissão, contribuindo para o desenvolvimento científico neste campo de pesquisa. Os resultados nos mostram que a transmissão se dá no meio familiar e se baseia na oralidade e gestualidade com suas peculiaridades em cada caso analisado. A necessidade de solucionar problemas aliado a religiosidade e a fatos místicos justificam o saber e a atuação dos benzedores na comunidade onde estão inseridos, legitimando-os como detentores do ofício de curar as pessoas através de benzimentos.

Palavras-chave


Narrativa. Benzedores. São Miguel das Missões. Transmissão.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v1e3201496-110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.