Formação de professores/as para a memória, verdade e justiça

Camila Tribess

Resumo


O artigo apresenta uma das frentes adotadas pela consultoria prestada pela autora junto à Comissão de Anistia do Ministério da Justiça entre os anos de 2015 e 2016, que se pautou pela importância em formar educadores/as e professores/as para trabalharem sobre a questão dos direitos humanos, em especial temas sobre a ditadura civil-militar, memória, verdade e justiça em sala de aula, com as novas gerações, que não vivenciaram esse período. O texto está dividido de forma a apresentar brevemente um mapeamento teórico e legal da questão, expor o trabalho que foi realizado e refletir sobre a importância desses projetos educativos e os desafios para a implementação e estratégias de aprimoramento desse tipo de ação.

Palavras-chave


Memória verdade e justiça; Educação para direitos humanos; Formação de professores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v4e320176-24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Camila Tribess

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.