Cultura digital e jornalismo participativo: diálogo e múltiplas identidades

Fábio Bitencourt Cadorin

Resumo


Este artigo aborda a concepção de identidade no contexto da cibercultura e de transformações dos meios de comunicação de massa. Toma por base a tese de doutorado do autor, que versou sobre o uso de imagens amadoras no telejornalismo em tempos de cultura digital. Além de uma breve revisão bibliográfica sobre temas essenciais a esta reflexão, como identidade, cibercultura, jornalismo participativo, telejornalismo e TV digital, utiliza-se como técnica de pesquisa um conjunto de entrevistas em profundidade com editores-chefes de telejornais de Santa Catarina. Como resultado da análise, percebe-se que está em curso o fortalecimento do jornalismo participativo, impulsionado pelo fenômeno da liberação do polo emissor, com efeitos sobre as identidades na pós-modernidade.

Palavras-chave


Telejornalismo; Jornalismo participativo; Identidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v4e3-I201791-111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Fábio Bitencourt Cadorin

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.