TIRANIA E GORDOFOBIA

Samuel Saliba Morera Pinto

Resumo


Os ataques a jovem que tomou vacina contra a Covid-19, em razão da inclusão do índice de massa corporal maior ou igual a quarenta na descrição das comorbidades elencadas como prioritárias, referem discursos com forte carga de gordofobia, e, assim, aspirações tirânicas divorciadas do respeito à liberdade e à dignidade humana. Como forma de combate ao autoritarismo crescente na sociedade contemporânea, necessária cautela das pessoas usuárias da internet, para que esse instrumento de comunicação seja utilizado como ato político; e fundamental que atitudes como o cancelamento do jovem sejam exaustivamente apontadas como contribuidoras do cenário político perturbador em que nos encontramos.


Palavras-chave


Vacinação; gordofobia; tirania.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/ufd.v11e232021181-189

Direitos autorais 2021 Unisul de Fato e de Direito: revista jurídica da Universidade do Sul de Santa Catarina

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Unisul fato e dir. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-601X