Poesia e jogo

Fabian Antunes Silva

Resumo


A poesia é uma atividade lúdica, e como todo jogo pauta-se pela liberdade caótica da paidia, ou pelo direcionamento e contenção do ludus. Fenômenos como a glossolalia, os jogos vocais e as lalações da mãe para o infans, estudadas tanto pelo viés psicanalítico quanto linguístico, trazem à tona a importância da sonoridade, ritmo e musicalidade da voz, escondida ou não escutada por conta da fala significante. Nesse viés, as artes poéticas são jogos que experimentam a materialidade sonora e imagética reorganizando a voz e a experiência da linguagem. É nessa perspectiva que investigamos como a voz, o som e a palavra podem funcionar enquanto formações poéticas que nos permitem jogar com a linguagem.

Palavras-chave


Jogos; Poesia; Voz; Glossolalia; Linguagem

Texto completo:

PDF/A


R. cient. ci. em curso, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2317-0077