REVELANDO A ARQUEOLOGIA DAS FORTIFICAÇÕES NO PARANÁ

Claudia Inês Parellada

Resumo


O estudo abrange as fortificações coloniais construídas em território paranaense, após o século XVI, elencando estudos já realizados, evidências resgatadas e possibilidades de pesquisas. Analisaram-se documentos impressos e imagéticos, inclusive imagens de satélite, e coleções do Museu Paranaense, de 1954 a 2010, inclusive as do antigo acervo do Museu David Carneiro. Discute-se a dinâmica dos processos de ocupação, inclusive em relação à espacialidade das fortificações, e a grande variedade de evidências desta temática: a arqueologia da guerra e dos conflitos.


Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v1e12013141-156

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.