PERSPECTIVAS INTERPRETATIVAS NO ESTUDO DAS ESCULTURAS ZOOMÓRFICAS PRÉ-COLONIAIS DO LITORAL SUL DO BRASIL: UMA ABORDAGEM PRELIMINAR

Angela A. de Oliveira Gomes

Resumo


No presente artigo discutem-se aspectos simbólicos e contextos associados às esculturas pré-coloniais conhecidas por zoólitos. Foram identificadas cerca de 300, sendo estudadas 134 esculturas zoomorfas e 13 geométricas através de visitas a museus do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro, onde houve o registro fotográfico. Analisou-se a variabilidade das ocorrências, procurando-se investigar os diferentes contextos, identificando os compartimentos regionais e os significados da paisagem nos quais foram encontrados. Ainda, discutem-se algumas possibilidades interpretativas do contexto desses artefatos associados a aspectos simbólicos como ritual, status, relações inter-societais e emergência de complexidade social

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v1e12013231-236

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.