Histórias em quadrinhos (HQ) como método avaliativo usado na educação sexual: Investigações acerca da gravidez na adolescência

Roberta Seixas, Denise Maria Margonari Favaro

Resumo


A avaliação pode ser tratada por diferentes dimensões e tem sua definição multifacetada podendo ser usada em vários níveis do sistema educacional, de diversas formas e finalidades. Nessa pesquisa, nos atemos a avaliação da sala de aula, testando como ferramenta avaliativa as histórias em quadrinhos (HQ) para investigar situações do cotidiano que cerceiam a gravidez na adolescência. O estudo foi o produto final das aulas de educação sexual, norteadas pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), ministradas para 28 estudantes do 1º ano do Ensino Médio, em uma escola do interior paulista. Os resultados foram organizados em 4 categorias de acordo com análise de conteúdo de Bardin (1979). Os dados nos evidenciaram a necessidade de a educação sexual ser desenvolvida, aplicada, fundamentada dentro da escola, para descontruir e combater todos os infortúnios da sexualidade que permeiam a vida dos jovens.

Palavras-chave


Avaliação; Histórias em Quadrinhos (HQ); Gravidez na Adolescência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v7e1202027-52

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Roberta Seixas, Denise Maria Margonari Favaro

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.