Suplementos infanto-juvenis: o suporte para a formação de quadrinhistas na Paraíba

Rosildo Raimundo de Brito, Henrique Magalhães

Resumo


Este trabalho apresenta um breve retrospecto histórico acerca do trabalho de formação das gerações de quadrinhistas paraibanos nos anos 1970, a partir da experiência da criação de suplementos semanais voltados para a arte do desenho gráfico que circularam na imprensa paraibana naquela mesma época. A análise deteve-se de maneira particular, nas primeiras iniciativas averiguadas no contexto da imprensa diária que foram os suplementos infanto-juvenis O Norte em Quadrinhos e O Pirralho. O trabalho é resultado de uma pesquisa ainda em andamento e se fundamenta na técnica metodológica de pesquisa de Análise Histórica apresentada pelo estudioso Vergueiro (2017), constantemente utilizada nos estudos dos quadrinhos, especialmente para a descrição e analise de épocas pretéritas, discutindo tendências então predominantes e fatos marcantes do desenvolvimento dessa modalidade de expressão artístico- cultural. O artigo tem como objetivo principal, contribuir para um maior alargamento dos estudos em torno da História em Quadrinhos no contexto da pesquisa regional.

Palavras-chave


Suplementos semanais; Quadrinhos; História

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v7e1202053-65

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Rosildo Raimundo de Brito, Henrique Magalhães

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.