Patrimônio histórico edificado dos caminhos das tropas na região do Extremo Sul catarinense

Juliano Bittencourt Campos, Edson Zilli, Carlos dos Passos Paulo Matias, Marcos César Pereira Santos, Paola Vieira da Silveira, Nilzo Ivo Ladwig

Resumo


O artigo busca evidenciar os caminhos utilizados pelos tropeiros entre os séculos XVII e XX em 25 municípios localizados na região do extremo sul catarinense, por meio do registro de bens materiais relacionados à atividade tropeirista. Foi utilizado levantamento documental e bibliográfico pertinente ao tema bem como entrevistas e visita na área de estudo no intuito de coletar e registrar informações nas instituições municipais. Elementos do patrimônio construído foram registrados em 6 municípios, além de relatos de rotas de passagem no território. Os resultados possibilitaram perceber que o movimento tropeirista foi importante para o povoamento da região sul, além de contribuir para a integração entre as regiões

Palavras-chave


História;Território;Patrimônio Cultural

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/memorare.v7e22020199-215

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Juliano Bittencourt Campos, Edson Zilli, Carlos dos Passos Paulo Matias, Marcos César Pereira Santos, Paola Vieira da Silveira, Nilzo Ivo Ladwig

Revista Memorare, Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2358-0593.

  Licença Creative Commons
Revista Memorare de Revista Memorare está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.